Acessibilidade na Arquitetura Corporativa

Além de ser Lei, a obrigatoriedade de acessibilidade é uma questão de inclusão social que deve ser valorizada, respeitada e pensada no ato do planejamento e execução de um projeto.

 

 

A Lei nº 8.213 obriga empresas com mais de 100 funcionários a destinar de 2% a 5% de seus postos de trabalho a pessoas com deficiência, que sofreram acidentes de trabalho ou beneficiárias da Previdência Social, muitas empresas não têm se atentado que isso exige uma estrutura física adaptada.

 

Porém muitos escritórios não estão preparados para incluir a pessoa com deficiência em seu quadro de funcionários, pois adequações pontuais e gerais devem ser executadas para promover a integração dessas pessoas. Além da acessibilidade física com rampas, corrimãos, elevadores adaptados, sinalização visual e tátil (que são adequações de âmbito geral), o posto de trabalho deve estar adaptado às necessidades do usuário.

 

No caso de um novo projeto, vale contemplar este ambiente deste o início, já que este apenas acrescentará de 1% a 3% no custo da obra. Diferente de uma adaptação depois da construção que poderá ter um custo de até 25% do valor da obra.

 

Existem diversos cursos de especialização como: Desenho Universal - Acessibilidade para uma Arquitetura Inclusiva (SENAC), que fornece noções de como detectar as dificuldades encontradas e projetar para a diversidade de pessoas, incluindo as com deficiência e mobilidade reduzida.

 

Fique por dentro da Lei regulamentada de Acessibilidade

 

http://www.acessibilidadebrasil.org.br

 

Lei de Cotas – Inclusão e acessibilidade

 

http://todospelaacessibilidade.blogspot.com.br

 

Compartilhe
Comente
Indique
Joga no Google
Curti!
Please reload

(11) 3057.3699   |    (11) 3052.0842

Avenida Paulista, 1499 - 16º andar

01311-200  |  Bela Vista.SP

SP

akmx.com.br

RJ

(21) 2524.1098 

Rua do Passeio, 39 - 2º  andar

20021-280  |  Centro.RJ